Make your own free website on Tripod.com
O homem na lua

                  Com o fim da segunda guerra mundial, em 1945 e a vitória dos EUA e da União Soviética, a corrida espacial começou a se tornar um propósito concreto.
                Em 1957, os soviéticos lançaram o primeiro satélite artificial da terra, o Sputnik. Em 12 de abril de 1961, o russo Yúri Gagari fez o primeiro vôo orbital tripulado. Foi o primeiro homem a ir para o espaço e ver o planeta de lá. Sua afirmação mais inesquecível foi: "a Terra é azul".
                Quando Nikita Kruschev (líder soviético) resolveu desafiar os EUA em relação a corrida espacial, o president Kennedy resolveu, com seus acessores, elaborar um plano para ganhar manchetes no mundo inteiro: levar o homem à lua. E em poucos anos este plano se realizaria.

Recrutamento de Pessoal
                As melhores cabeças do país foram recrutadas entre os pilotos da marinha, força aérea e fuzileiros navais. Eram analizados inúmeros critérios, entre eles: inteligência, ser bom aviador, ter nível universitário e, fundamentalmente, boa estrutura psicológica para enfrentar problemas imprevistos.

Tragédia: Os americanos, em 1967, já tinham tecnologia para a ida e volta à lua, porém, uma explosão no ensaio do lançamento em 27/01/67 (que matou seus astronautas Roger Chaffee, Edward White e Virgil Grissom) fez com que eles se preocupassem mais com a segurança.             O projeto Apolo continuou sem tripulação até o número 6. Os outros não iam até a lua. Isto em 1969.

O Lançamento
                Collins, Aldrin e Armstrong partiram a bordo da nave apolo 11, na manhã do dia 16 de julho de 1969. A Apolo 11 era pequea, composta módulo de comando, de serviço e lunar, não pesando mais do que 45 toneladas. Foi lançada no bico do Saturno 5, maior foguete já construído. O Saturno 5 possuia 110 metros de altura e 3000 toneladas, sendo que a maior parte era o peso do combustível que seria necessário para acelerar a 40000 km/hora. O Saturno 5 era um foguete de 3 estágios. O primeiro queimava oxigênio líquido com querosene. Esse combustível produziu uma enorme fogueira que emocionou a todos que assistiam ao evento. Na subida, o empuxo de 3500 toneladas provocou um barulho tão forte que chegou a matar os pássaros que voavam na região.
                O módulo de comando Columbia era o centro de controle, de 6m quadrados, onde ficavam os tripulantes, em cadeiras individuais. Atrás do Columbia ficavam o módulo de serviço, com o sistema de propulsão e retrofoguetes e, por último, o módulo lunar Eagle.
                O alvo não era a lua onde ela se encontrava durante a partida, mas o lugar onde ela estaria depois de quatro dias, quando então chegariam a ela. Isto baseando-se no ponto segundo seu movimento ao redor da Terra.
                No trajeto, os astronautas utilizaram a técnica do "frango no espeto", fazendo a nave girar em torno de si própria, para evitar que ela torrasse no lado voltado para o Sol e congelasse no outro. Os astronautas acionavam os foguetes durante 3 segundos para posicionar a nave para a distância calculada e fazê-la escapar da gravidade da Terra e ser atraída pela gravidade lunar.

A Chegada
                Chegaram (pelo horário de Brasília) às 23 hs, 56 min e 20 s do dia 20 de julho de 1969. Por pouco, os dois astronautas, Armstrong e Aldrin (os que desceram até a Lua), não espatifaram a Eagle enquanto desciam, pousando no Mar da Tranquilidade, uma planície sem muitas crateras próxima ao equador lunar, a 1 km do local mardado para a descida.
                Neil Armstrong, de 38 anos, escorregou na escada quando descia da Eagle e por pouco não encostou a mão antes do pé. Ergueu o pé esquerdo e marcou o solo do Mar da Tranquilidade e a frase que ecoou pelo mundo: "este é um pequeno passo para o homem, um gigantesco salto para a humanidade".
                Na lua, a 364000 km de distância, explica à base de controle que o chão da Lua "adere à sola e aos lados das minhas botas, formando uma camada fina como poeira de carvão".
                Vinte minutos depois, desce Aldrin que com as mãos agarradas à escada deu dois pulos com os pés juntos e disse "lindo, lindo". Permaneceram lá durante 2h e 10min, quando Armstrongleu em voz alta a mensagem na placa comemorativa que leva a assinatura dos três astronautas e do presidente Nixon que dizia: "Aqui, homens do planeta Terra pisaram na Lua pela primeira vez. Nós viemos em paz, em nome de toda a humanidade".
                Fixaram a bandeira dos Estados Unidos e ouviram as congratulações de Nixon. Depois, recolheram 27 kg de pedra e pó da Lua. Instalaram um sismógrafo, um refletor de raios lazer, uma antema de comunicação, uma câmara de TV e um painel para estudar os ventos solares.
                Voltaram à Eagle e tentaram dormir.

O Regresso
                A parte inferior do módulo ficou na Lua a parte superior com os dois astronautas se elevou até encontrat o módulo de comando com Collins que estava esperando a 96 km de altura. Aldrin e Armstrong juntaram-se a Collins e a outra metade da Eagle ficou em órbita até se espatifar na Lua.
                Mergulharam no Pacífico Sul no dia 24 de julho de 1969, sãos e salvos. Para evitar que pudessem ter trazido algum microorganismo nocivo aos humanod, ainda ficaram de quarentena junto com cobaias.
                Em novembro, outros três astronautas foram à Lua a bordo da Apolo 12. Ao todo foram 18 astronautas em 6 apolos, do dia 11 ao 17, até 1972.
                Calcula-se que mais de um milhão de pessoas se amontoaram nas proximidades co Cabo Canaveral para assistir à partida e mais de um bilhão de pessoas acompanhavam pela TV. Um projeto que custou 22 bilhões de dólares aos EUA.

                Agora, então, rumo a Marte.

 

Fonte: Super Interessante